Fundamental

Idade de corte: conforme a Lei de Diretrizes e Bases da
Educação (LDB) e pela Resolução CEB nº 6/2010.
Ver a tabela abaixo:

linha flutuante

A educação básica é uma etapa de fundamental importância do ponto de vista cognitivo, social e cultural. Além de promover a aprendizagem, duas tarefas são muito importantes para a equipe da Lumen: despertar o interesse e a responsabilidade dos alunos com relação aos estudos.

Os alunos participam efetivamente do aprendizado, sendo continuamente mobilizados e expostos a tarefas significativas e desafios reais. Só assim é possível interessar-se pela aprendizagem. São desenvolvidos projetos, feiras, aulas de campo e viagens educativas.

Disciplinas curriculares:

Língua portuguesa

Língua inglesa

Artes Visuais

Música

Matemática

Ciências

História

Geografia

Robótica Educacional / Informática

Xadrez

Produção de texto

Educação para o consumo

Educação física

Aulas com professores especialistas

Música, Artes Visuais, Informática, Robótica Educacional, Inglês, Educação Física, Xadrez, Educação Para o Consumo, Assembleias, Produção de texto e Biblioteca fazem parte da grade curricular e são ministradas por professores especialistas.

Todas estas atividades enriquecem o currículo e ampliam os horizontes educacionais dos alunos.

Confira abaixo a tabela das aulas:

SÉRIE MÚSICA ARTES VISUAIS INFORMÁTICA ROBÓTICA INGLÊS ED. FÍSICA ED. PARA O CONSUMO BIBLIOTECA XADREZ PRODUÇÃO DE TEXTO
1º Ano 1x 2x 1x 1x 2x 2x -- 1x 1x 1x
2º ao 5º Ano 2x 2x -- 2x 3x 2x 1x 1x 1x 1x

Aulas de campo

Despertar o interesse dos alunos e propiciar a contextualização do conhecimento. Esse é o objetivo da Lumen com as aulas de campo que são programadas para todo o ano letivo. A escola oferece uma série de oportunidades para as crianças complementarem o que é ensinado em sala de aula.

Com essa proposta, buscamos trazer novas perspectivas e informações adicionais sobre os temas estudados, estreitando a distância entre teoria e prática.

Assim, a combinação entre fundamentos e aula de campo cria uma nova forma de aprendizagem que ultrapassa os limites da escola. Aprender Ciências observando plantas de verdade ou estudar Artes vendo os quadros diretamente no museu são práticas constantes na Lumen.

Alguns exemplos destas aulas são:

Projetos

Projetos são estratégias pedagógicas que tornam o estudo de um determinado tema mais agradável, contextualizado e profundo. Os professores constroem um ambiente de pesquisa, troca de conhecimento e elaboração de materiais que desafia e estimula os alunos na busca pelo conhecimento. Os recursos e materiais usados (objetos, imagens, livros, etc.) são expostos para que estejam sempre à vista. Há jogos, construções plásticas, elaboração de textos, leituras, análise de materiais e muito mais.

As crianças são incentivadas a trazer materiais de casa para ilustrar os trabalhos. Na sala de aula, os murais mostram a pesquisa e servem como ponto de apoio. As estantes ou cantos dos projetos guardam as referências do que está sendo estudado.

O aluno participa ativamente de todas as etapas com mais interesse e motivação. Um projeto é uma proposta interessante e dinâmica, com muitas oportunidades de interação, promove uma ampla visão de mundo.

Diversos materiais são oferecidos, estimulando o aluno a conhecer e aprender: livros, vídeos, fotos, jogos, materiais naturais, materiais para observação e experiências e tudo o que possa despertar a vontade de saber mais.

O vocabulário é ampliado nas análises e no uso de estratégias para a resolução de problemas. O aluno desenvolve o pensamento lógico e científico, faz comparações entre o que sabia previamente com o que aprendeu durante o projeto.

Os professores trabalham como mediadores, com domínio de conteúdo, de turma e na elaboração de atividades. A mediação com qualidade é a certeza de um ambiente agradável e produtivo, com intervenções no momento certo.

A Lumen criou diversos projetos para o Ensino Fundamental, veja abaixo alguns exemplos:

Feiras

O que é uma feira?

Os alunos do Ensino Fundamental apresentam feiras onde mostram suas pesquisas e conhecimentos. A produção de material escrito, maquetes, mapas e objetos estimulam e movimentam os alunos em torno do assunto. Há muito a ser estudado, há muito o que fazer e preparar.

Uma feira estimula a elaboração de estratégias para a aquisição de conhecimentos e cria condições de socialização e valorização do trabalho em equipe. A exposição torna públicas as atividades significativas desenvolvidas no ambiente escolar, estimula e promove a autoconfiança e a autonomia.